A matemática de Deus na criação

Na matemática os Números de Fibonacci são uma sequência definida como recursiva, ou seja, a sequência “se alimenta” dela mesma.

Na prática: você começa com 0 e 1, e então produz o próximo número de Fibonacci somando os dois anteriores para formar o próximo. Sendo assim, os primeiros números da sequência são: 0,1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144, 233, 377, 610, 987, 1597, 2584, 4181, 6765, 10946…

Você já deve estar ficando com dor de cabeça de lembrar das aulas de matemática não é mesmo? E deve estar perguntando “e qual é a relação disso com Deus?”.

Bem, o mais interessante é que podemos encontrar e aplicar esse padrão sequencial em muitas coisas da natureza. A ocorrência da sucessão de Fibonacci na natureza é tão frequente que é difícil acreditar que seja acidental.

fibonnaci fibonnaci fibonnaci fibonnaci fibonnaci

Por exemplo, nas fotos acima, esta sequência pode ser aplicada em todas as ocasiões. A cóclea dos mamíferos (orgão da audição) também apresenta este mesmo padrão.

O artista gráfico Cristóbal Vila, espanhol, produziu um vídeo fascinante que demonstra rapidamente algumas dessas aplicações:

… porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas … (Romanos 1:19-20)

O mundo não foi obra do acaso, temos um Deus maravilhoso, criador dos céus e da Terra, e que deixa “pistas” de sua criação em todas as coisas.

Que Deus te abençoe.

Danilo Alvarenga

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *